Árvore: a peça fundamental do ecossistema urbano

O sol está alto, parece que está marcando meio dia. A luz que ele emite não é barrada por nenhum dos três edifícios cheios de janelas que escalam o céu no fundo da imagem. O único impedimento para que ele chegue até você é, justamente, uma grande árvore que se estende por todo o quadro da fotografia. Ela tem um tronco escuro e folhas bastante brilhantes, que parecem reluzir sob o sol.

Presentes em grande parte dos ecossistemas – inclusive o urbano – a árvore tem uma grande importância para a humanidade e a natureza… Você sabe qual?

Escrito por João Pedro Varal Tartari.

Geralmente conhecidas como produtoras de oxigênio, as árvores são responsáveis por muito mais do que podemos imaginar. O caule lenhoso e as folhas concentradas na copa, as principais características dessas formas de vida vegetal permitem que esses grandes organismos nos protejam da luz solar enquanto realizam outras várias tarefas em prol das mais diversas formas de vida.

Não à toa, elas foram incorporadas ao espaço urbano, afinal ela são peças fundamentais de uma cidade saudável.

Em um artigo no blog Jardim Cor, o engenheiro agrônomo e colunista de Sustentabilidade, Ramis Tetu, explica que “As árvores nas cidades salvam e qualificam as vidas humanas em larga escala e a baixo custo. Por fim, são símbolos, esculturas e estruturas de eficácia, generosidade, acolhimento e democracia.”

É raro de se ver cidades que não tenham árvores em algum de seus bairros. E isso não é por acaso: funcionando como fontes de sombra, elas pode ajudar a prevenir doenças causadas pela luz solar, como o câncer de pele.

À esquerda, um conjunto de árvores de diversas alturas e formatos cresce no espaço central de uma rodovia movimentada. Os semáforos parecem flutuar entre todas essas plantas. Eles têm a luz verde, indicando que os motoristas podem seguir o seu caminho. E eles o fazem em três faixas de trânsito. Mais para a esquerda, uma quarta faixa abriga uma grande quantidade de carros brancos e prata, que parecem descansar em meio à movimentação. Um homem, que veste bermuda e manga curta, caminha ao lado desses veículos, arriscando-se em uma das faixas dos carros. A extrema direita da imagem é tomada de postes, que cobrem a visão de quase todos os prédios, exceto um hotel, que tem seu letreiro brilhando em vermelho.
Com um conjunto de cuidados adequados, as árvores se tornam solução, e não problema. – Foto: Diogo Gonçalves.

E não para por aí. Uma pesquisa realizada pela bióloga Bruna Lara de Arantes atestou que a presença de árvores no ecossistema urbano pode reduzir os casos de câncer de pulmão em pessoas idosas. Segundo a pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) isso se deve ao fato de as árvores agirem como “filtros de captação e absorção”, reduzindo a quantidade de material particulado no ar.

Por fim, é impossível esquecer a importância das árvores como “despoluidoras sonoras”. Isso acontece porque elas servem como uma barreira natural para as ondas sonoras, bloqueando, com suas estruturas, a passagem dos ruídos que vêm das ruas.

A importância da árvore

As árvores são muito importantes na manutenção dos mais diversos ecossistemas. Vegetais de grande porte, elas estão na base deles, em especial, por recolherem a luz solar, o gás carbônico (CO2) e os nutrientes do solo e os transformarem em açúcares – processo conhecido como fotossíntese.

Através desse processo, as plantas executam as ações pelas quais elas mais são conhecidas: a produção o gás oxigênio (O2). Apesar de realmente gerarem o O2, esse gás é, em grande parte, utilizado pelas próprias plantas em seu processo de respiração, não sendo aproveitado pelo ser humano.

Mas isso não significa que elas não sejam importantes para a humanidade. Servindo de fonte de alimento para inúmeros seres vivos, inclusive o ser humano, as árvores capturam boa parte do CO2, causador do efeito estufa, e o armazenam em sua estrutura, evitando que ele colabore com o aumento da temperatura da Terra.

Uma ave colorida e com um bico comprido senta sobre um galho no meio da floresta. É um Tucano.
As árvores servem de abrigo e de lar para uma grande quantidade de animais – Foto: Adriano Adamson Paiva.

E não é só nesse sentido que essas formas de vida vegetal colaboram para impedir a mudança climática. As árvores também participam de um processo chamado evapotranspiração, através do qual liberam água para a atmosfera pela transpiração. Dessa forma, elas participam do ciclo da água e garantindo que chova.

Dessa forma, elas ainda colaboram para o controle climático. A Floresta Amazônica é um grande exemplo disso, já que, através desse processo, colabora com a administração das chuvas na região, chegando a criar uma massa de ar própria.

Foto da capa: Divulgação/Bayer Jovens.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*